Uma nova pesquisa sugere que, antes do Big Bang, o Universo passou por outra fase cosmológica, ou seja, nem tudo teria começado com uma grande explosão.

O estudo, conduzido por matemáticos canadenses e egípcios, aponta que o Universo passa por um processo cíclico de quatro fases. Seus cálculos os levaram a concluir que, antes da “Grande Expansão” que teria dado origem a tudo – o “Big Bang” – existiu um outra forma de universo.

Apesar de o Universo estar em expansão contínua, segundo esse novo modelo teórico baseado na mecânica quântica, uma mudança fará com que esse processo seja interrompido, o que significa que, antes de voltar a se expandir, o Universo se contrairá.

Para chegar a essa nova hipótese, os cientistas combinaram mecânica quântica com cosmologia, utilizando uma versão modificada do princípio da incerteza generalizada (GUP). Resumidamente, segundo Mir Faizal, um dos autores do estudo, nesse modelo cosmológico “o Universo não começou com uma grande explosão. Houve uma transição de uma fase para outra”.

“Isso é possível porque o Universo pode existir em quatro fases, como a água pode existir em três fases diferentes”, ele afirma. “Da mesma forma que sabemos sobre as propriedades do gelo ao estudar a água que o formou, podemos saber sobre a cosmologia prévia ao Big Bang ao estudar a física do Universo”, acrescenta Faizal.


Fonte: Daily Express

Imagem: Designua/Shutterstock.com

Related Posts