A história de Lionel, marcado por ter “rosto de leão”, é impressionante: pessoas com características físicas especiais como as dele tornaram-se objeto de exploração comercial e de nefastos negócios.

Seu nome era Stephan Bibrowski, nascido na Polônia, em 1890, e que veio ao mundo com rosto de leão e o corpo todo coberto por pelos. Horrorizados, seus pais cederam os direitos do menino, que tinha apenas 4 anos, a um representante alemão chamado SedlMayer, que começou a exibi-lo em várias cidades europeias, sob o nome artístico de Lionel.

Para tornar a história ainda mais mórbida, Sedlmayer anunciava o show explicando que a mãe de Lionel, quando grávida, testemunhou a morte trágica de seu marido, devorado por um leão. A verdade é que Stephan era simplesmente vítima de uma doença conhecida como hipertricose.

Na fase adulta, Lionel se estabeleceu nos EUA. Era um homem extremamente inteligente, que falava cinco idiomas e que queria ser dentista, o que se torna compreensível se considerarmos que, dada sua doença, ele praticamente não possuía dentes em sua boca.

Stephan morreu em 1932, na Alemanha, vítima de um ataque cardíaco aos 42 anos. Sua doença, também conhecida como Síndrome do Lobisomem, é causada por uma mutação genética. Desde a Idade Média, foram registrados apenas 50 casos como o de Lionel.

Fonte: History

curta_fanpagedeixe-seu-comentario

Related Posts